«

»

jun 15

Imprimir Post

Sim, já fomos mais inteligentes… sobre vaias, protestos e acordos.

Foto: Agência Estado

Foto: Agência Estado

Uma vez o Brasil vivia a febre da Luíza, aquela que estava no Canadá. Um dos grandes jornalistas brasileiros, Carlos Nascimento, começou o jornal do SBT com o seu agora famoso “nós já fomos mais inteligentes”, hoje vejo que ele tinha total razão.

Hoje aconteceu a abertura da Copa das Confederações em Brasília e o que a gente viu? Protestos, tumultos e vaias, e antes de começar a me criticar por favor não entenda que estou defendendo o governo ou criticando, longe disso, estou apenas criticando a “inteligência” dos protestos.

Pense comigo, primeiro os protestos de fora do estádio, motivo para lá de justo e correto, investir 1bilhão e 300 milhões de reais em um estádio de futebol é um escárnio, é um escândalo e um absurdo, mas pergunto: o estádio começou a ser construído ontem e amanheceu pronto? Onde estava essa gente na hora que o antigo Mané veio abaixo? Onde estavam os protestos quando o valor inicial de 700 milhões foi divulgado? Por que não fizeram o mesmo cordão, o mesmo enfrentamento na tentativa de evitar a construção?

Essa semana apenas que caiu a ficha? Será que se o tal protesto da passagem de São Paulo tivesse ocorrido estes protestos estariam acontecendo hoje? E ainda vale a pergunta: só hoje? Será que se o Brasil tivesse crescido o que fora prometido no passado esse protesto estaria acontecendo? Pense bem, 1 bilhão e 300 em um estádio seguiriam sendo escárnio com o dinheiro. Mas aí tudo bem?

Bom, vamos para dentro do estádio, vaias para a presidente Dilma, ok, vivemos em um país democrático e ela pode ser vaiada, sem problemas, mas por quem ela foi vaiada? Pelas pessoas que só estavam ali, naquele estádio que a Fifa chama de Nacional porque o Lula e a Dilma resolveram gastar 1bilhão e 300 milhões do dinheiro público. Essas pessoas vaiaram a Dilma? Como assim? Elas pagaram os “olhos da cara” em um ingresso para vaiar quem proporcionou que ela estivesse ali? Como assim? Como assim?

E vamos de novo afirmar para que não fique dúvidas, os protestos são justos, os motivos justíssimos, os locais e as datas não. Então, no somatório de tudo passamos a imagem de um país fraco, sim, fraco. Pois em teoria não conseguimos fazer valer nossa vontade.

Você que está vaiando, criticando, protestando, deve lembrar que tudo isso começou lá atrás, com o Lula, a Fifa não veio aqui no Brasil de joelhos pedindo para sediarmos a copa, não. Nós fomos lá e pusemos a nossa candidatura e ao fazer isso aceitamos todos os termos da Fifa.

Ok, você não fez isso, foi o seu representante, você não tem nada a ver com isso, não posso te chamar de menos inteligente por isso, certo? Errado. Quando Lula terminou o seu segundo mandato ele veio para a gente e falou, olha tem essa mulher aqui, ela nunca foi eleita para nada e eu prometo que ela seguirá fazendo tudo que eu fiz e fará ainda melhor, vocês querem?

O que a gente fez? A gente disse sim. Então meus nobres, meus caros leitores, escassos diria. Nós assinamos junto com o governo todos os contratos, todos os aditivos, todas as contas, todas as ordens de desapropriação, nós fizemos isso sozinhos, porque quisemos e sabendo de todos os riscos.

Sim, Carlos Nascimento tinha razão, já fomos mais inteligentes. Protestar contra a Copa e os valores gastos é uma tolice e é o mesmo que protestar contra nossa própria decisão. Deveríamos estar a frente dos ministérios e secretárias de saúde protestando contra a falta de saúde de qualidade na rede pública. Deveríamos estar na frente de escolas, universidades, secretarias e ministério da educação protestando contra a falta de educação de qualidade. Deveríamos por exemplo nos organizar e irmos até a cidade de Juazeiro do Norte onde o prefeito e a câmara municipal de vereadores cospem na cara da sociedade ao diminuir o salário dos professores em 25%. Deveríamos estar protestando por mais segurança e não enfrentando os poucos policiais que nos são oferecidos.

Tudo isso não estava no combinado, não estava no contrato que assinamos ao apertarmos o “confirma”. Tudo isso vem sendo deixado de lado e nos foi prometido a exaustão. A copa não, a copa eles fizeram o que poucas fazem, cumpriram o prometido, construíram estádios absurdamente caros, baixaram as calças para a Fifa e despejaram pessoas em torno dos estádios, mas tudo isso a gente já sabia e concordamos, sim, Carlos Nascimento, nós já fomos mais inteligentes.

Link permanente para este artigo: https://www.blogdoediney.com.br/sim-ja-fomos-mais-inteligentes-sobre-vaias-protestos-e-acordos/

1 comentário

  1. Ediney Giordani

    Olá Eliezer, obrigado pela audiência. Mas te convido a pesquisar melhor sobre os ingressos e a quantidade de cada setor. Sim, temos ingressos a partir de R$60 mas para um público bastante diminuto. Bom, pena que parou nesta parte, do contrário poderíamos debater melhor a questão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>