O Museu do Amanhã 2 – Final

Antony G. Silverstone.

Esse era o nome que assinava o projeto, quem era Antony? Não demoraria muito para Jane descobrir. Apenas alguns metros dali encontrava-se uma seção toda dedicada aos notáveis, Jane presumiu, sem muito mérito, que alguém que pudesse ter um livro em uma biblioteca daquele tamanho, deveria ser uma notável.

Antony G Silverstone, nascido em Berlim, em 2023, físico nuclear, o único da história a ganhar 3 vezes o Nobel.
Sem falsa modéstia, assinou 4 autobiografias, outro recorde.
Entre seus trabalhos mais famosos estava aquele que versava sobre a manutenção de urânio em pequenas garrafas de cobre e refrigeradas a apenas 5 graus.

Algo parecia familiar.
Jane já havia visto isso em algum lugar e sabia onde: o museu.

Já era noite, mas Jane tinha feito de Manhattan seu local seguro.
Aqueles que a conheciam nem se deram conta da sua falta, costumava demorar dias até aparecer novamente.

Abriu a enorme porta do museu, sozinho, um mausóleo empoeirado que ainda mantinha o ar refinado dos tempos de glória, um enorme dinossauro a recebia em seu esqueleto, e um quadro enorme do Presidente Michael B. Morgam pairava sobre todos, assim como um grande ditador o faz quando não quer concorrência.

Passou pelas enormes salas do museu, avistou várias obras de arte cobertas pela censura religiosa imposta pouco antes da final de tudo, até que chegou a sala que buscava, a sala AGSilverstone.

Lá, enormes quadros de sua infância na Alemanha, alguns, livros, um pequeno aparelho com tela na frente que não parecia ter muita utilidade e lá estava ela, a garrafa. Ela era pouco maior que o seu braço, jazia com enormes fios elétricos ligadas. Alguns botões, um verde chamou a sua atenção, era quase um convite.

Pressionou.

Luzes que ela nem sabia estarem ali começaram a piscar, uma música radiante, alta tocou.
Letras começaram a aparecer na parede.

Parabéns, você chegou na fase final.

Alguém, dessa vez de carne e osso, comemorava.
Havia terminado o jogo.

Na tela, a imagem congelada de uma Jane confusa.
Estava viva, mas era controlada.
Ou controlava?
Não era possível saber, mas sim, uma pequena lágrima em forma de pixel se formou, como se entendesse sobre seu destino trágico. Era prisioneira de um mundo cruel em que não poderia escapar.

Você é o centro do Universo

Captura de Tela 2014-12-19 às 09.56.21Uma vez alguém me disse (acho que foi o Boby mas não tenho certeza) que você atrai tudo aquilo que busca, pensa, trabalha. Comecei a pensar atenção nisso, e não é que ele tinha razão?! Um cinegrafista conhecido meu tem o dom de atrair tragédias, onde ele vai, onde ele anda, não importa, algo ruim acontece e lá está ele para registrar. Uma conhecida afirma não ter sorte na vida, “nada dá certo”, e não é que nada dá certo mesmo?! Alguns dirão que trata-se de constatação, será? Não seria possível estarmos presentes em um círculo vicioso em que as coisas acontecem exatamente por estarmos alimentando-as?

Conheço pessoalmente mais pessoas que poderia escrever, e muitas delas são pessoas lindas, maravilhosas, gente boa mesmo, mas na web… na página do Facebook… é incrível, são perseguições, preocupações, insinuações, assuntos insistentes, tiro da minha timeline e assim não perco o carinho que tenho por ela e também não me fico me remoendo pensando em responder ou não, indignado ou não, enfim, simplesmente é melhor para ambos. Perdemos os dois e também, ganhamos os dois.

Pense comigo: quanto você pode falar sobre determinado assunto? Muito. Se você, por exemplo for a favor do governo, terá zilhões de notícias boas para compartilhar. Se você for contra terá igualmente zilhões de notícias ruins para compartilhar. Uma coisa atrai a outra. Você simplesmente se fecha para outras opiniões, se fecha para outros pontos de vista, fica em uma ilha que você é o monarca de um reino sem povo, só espelhos que refletem exatamente o que você quer ver.

E as insinuações? Estas simplesmente dinamitam qualquer boa intenção que você tenha no futuro. Escrevi outro dia que todas as frases que começam ou terminam com “nada contra”, em 100% dos casos corroboram com o caso do “nada contra”. As insinuações funcionam da mesma forma. O que você acha que vai conseguir dando indiretas? Sendo sarcástico? Sendo misterioso? No mínimo vai atrair o mesmo para você, aí não adianta dizer coisas como: “você sabe que eu gosto de você”, “você sabe que eu gosto de te provocar”, “você sabe como eu gosto de brincar”, não, não irá adiantar, os danos já estão foram feitos, agora é lidar com aquilo que você atraiu para você mesmo.

Ainda no ramo dos “pensamentos”, você com certeza ouviu a frase “dinheiro chama dinheiro” se isso é verdade, por que não seria igualmente verdade “maldade chama maldade”, “mentira chama mentira” e etc? É totalmente verdade, portanto, focar a sua vida, o seu pensamento, suas energias em coisas realmente boas para você e para os seus dias. Teste, você notará a diferença. Trabalhar com confiança, viver com energia renovada, tudo isso é uma  somatória de coisas que mudarão a sua vida.

Pense nisso.

Você é a favor ou contra a construção da Usina de Belo Monte? Eu não tenho a menor ideia!

Se você ainda não tem posicionamento sobre isso, as celebridades já tem. Elas são contra! E agora? Você é a contra ou a favor da construção da Usina de Belo Monte? Agora, o Rafinha Bastos, aquele do CQC, do SNL, que o The New York Times elegeu como a pessoa mais influente do mundo no Twitter é a favor. E agora? Você é a favor ou contra a construção da Usina de Belo Monte?

Temas como este normalmente despertam paixões, porém poucas paixões. Vou me basear por mim mesmo:

Jornalista
leitura: 2 revistas de notícias por semana
2 revistas de assuntos gerais por mês
1 ou 2 livros por mês
Ouço rádios de notícias 10 horas por dia
Posicionamento sobre Belo Monte: NTAMI – Não tenho a menor ideia

Assisti os vídeos com as celebridades e resolvi ir à luta e pesquisar mais a respeito do tema conforme sugeria o vídeo e surpresa: continuei sem ter a menor ideia se sou contra ou a favor da construção do mesmo.

Então apelei para a história, ela tem a maioria das respostas, pois hoje em dia apenas repetimos as perguntas com outras palavras. E me deparei com a construção da Hidrelétrica de Itaipu que começa em 1974e vivíamos a época da ditadura militar e talvez por isso minha pesquisa fique contaminada, mas assim, era todo mundo contra a construção. Na época houve até campanhas mundiais por preservadores do meio ambiente contra a construção porque ela faria desaparecer, como fez, as populares 7 quedas um dos mais lindos cartões postais do Paraná.

Mas vamos aos fatos de Itaipu:

E aqui deixo claro que é tudo pesquisa, nem era nascido na época, então se você viveu aquela época e quiser contribuir com o debate, fique a vontade:

1 – 7 Quedas desapareceram
2 – O Brasil passou a produzir muita energia a um preço baixíssimo. A cada governo paraguaio há uma nova tentativa de negociação quanto aos preços pagos ao país pela energia. Na época da construção houve muita tensão entre Brasil, Paraguai e Argentina pela construção. O Paraguai era a favor mas não tinha dinheiro para ajudar, a Argentina era contra porque isso poderia ser uma arma de guerra. Diziam os “irmãos” que a abertura das comportas de Itaipu poderia alagar grande parte do país. Uma série de acordos militares acabaram resolvendo a questão.
3 – Todos os municípios em torno de Itaipu se beneficiaram da usina por receberem os chamados royaltes que fez com que suas receitas até mesmo quadruplicassem.
4 – O Turismo Paranaense e brasileiro ganhou um fôlego gigantesco com a Usina.
5 – Passamos a “mandar” na América Latina
6 – Centenas de funcionários morreram na construção da Usina
7 – Centenas de funcionários enriqueceram com a construção da Usina
8 – Foz do Iguaçu que na época da construção tinha 20 mil habitantes passou a contar com 100 mil

E agora? Você é a favor ou contra a construção de Belo Monte? Os principais argumentos contra a construção são:

✓ Índios perderão territórios e possivelmente suas casas
✓ Centenas de km de florestas ficarão abaixo d’água
✓ A Usina custará muito caro, cerca de 30 bilhões de reais
✓ Conseguirá operar com apenas 30% de sua capacidade devido ao volume de chuvas da região
✓ Irá deixar muitas áreas habitadas por índios secas
✓ O Brasil poderia investir em energia solar e eólica

São posicionamentos difíceis de se tomar, ser a favor ou contra algo é dizer para alguém que você entende tudo sobre determinado assunto. Fora isso, são apenas interesses menores como aparecer ou a necessidade de se ter um posicionamento em tudo para parecer mais esperto que os demais.

Por isso, até se ter absoluta certeza do que se quer, é melhor não querer nada. A questão é importantíssima e influenciará a maneira como nossos filhos e netos viverão o país por isso todo cuidado é pouco. Pesquisar sempre é a melhor opção, leia os dois lados da questão, ouça seus argumentos e a partir daí tire o seu próprio veredicto. Assim, se errar, errará em busca do acerto, e isso faz toda a diferença.

Assista ao vídeo das celebridades contra a construção

Assista ao vídeo de Rafinha Bastos ironizando o primeiro vídeo