A conversa com o chuveiro

Poucos se dão conta, mas o chuveiro é um paciente psicólogo.
Ele não te julga.
Ele não te pergunta.
Ele não culpa seus pais.
Basicamente, o chuveiro faz perguntas socráticas sem uma só palavra.
Você chega às conclusões sozinho.
A água cai e você pensa.
A água cai e você resolve sua vida.
A água cai e a realidade some.

O chuveiro também é multifacetado.
Ele é um ouvinte fiel para as suas canções desafinadas.
Não importa o ritmo, ele deixa você cantar.

Também, é discreto. Jamais conta aventuras proibidas para menores.

O chuveiro é um bom confidente.
Talvez por não falar. Talvez por não julgar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *