Somos idiotas mesmos e por isso queremos punir a liberdade

downloadVez ou outra, ou vez em sempre, eu devia manter minha boca fechada e meus dedos parados, para que assim não escrevesse aquilo que outros não gostariam de ler. Mas que diabos de jornalista seria eu se não pudesse nem mesmo em um blog de baixíssima audiência dizer, ou escrever, aquilo que penso, aquilo que defendo?

Quero falar sobre o debate na Record, e sim, vou falar sobre este cidadão Levy Fidelix com seus impropérios.

Vamos aos fatos sobre o comentário do candidato na Record:

Ele falou bosta?
Sim.

Era melhor ouvir um pernilongo na orelha do que ouvir ele?
Sim.

Se ele fosse uma pessoa mais esperta, culturalmente melhor, mais educada e tivesse mais respeito pelo ser humano, ele teria dito a mesma coisa?
Não.

Então, devemos execrá-lo? Caso a lei da homofobia estivesse valendo ele deveria sair preso do debate?
Não.

Agora, Ediney, é você quem está falando bosta.
Pode ser, mas aí é que está o cerne do que estou escrevendo.

Se alguém tiver a pachorra de pesquisar os textos que escrevi sobre o assunto verá que sou um defensor ferrenho, implacável e não pretendo mudar de posição sobre a liberdade de expressão. Acredito que um cidadão, por mais imbecil que seja, tenha o direito de falar aquilo que bem entender. E entenda, que sim, estou defendendo que ele tenha o direito de escrever ou falar qualquer coisa.

O problema do nosso país é que as instituições não funcionam. Por exemplo, no caso da bosta dita por Levi, aqueles que o agridem dizem que morrem ou são agredidas 28 pessoas por dia por conta da homofobia. E o que ele tem com isso? Puna-se! Que o processo corra, que os culpados sejam exemplarmente punidos. Mas as instituições não funcionam.

Uma bosta dita, toma proporções ainda maiores porque a nossa educação é falha em ensinar o indivíduo a conviver com a diversidade de opiniões, gêneros, religiões. ou o que quer que seja. Somos incompetentes na base e queremos punir a liberdade para tal.

Temos que decidir, somos ou não uma democracia? Essa é a pergunta. Se você pensa que sim, então teremos que conviver com imbecis e suas opiniões idiotas como o cidadão do aerotrem.

Sejamos claros, somos primitivos e se um candidato a presidência que reclama em responder qualquer coisa que não seja economia, que aliás nem isso sabe falar direito, consegue influenciar alguém a fazer alguma coisa,  somos mais que primitivos, somos idiotas mesmos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *