«

»

ago 08

Imprimir Post

O dia que fui um idiota e aprendi uma lição

zoom-invisibilidade-social-812Escrevo este post por dois motivos:um para dividir com vocês um aprendizado e também para não esquecer nunca do dia de hoje. O dia em que um desconhecido me fez sentir um idiota. O que aconteceu:

Acabava de assistir uma palestra que falava sobre evolução, sobre caridade, estas coisas que nos fazem pensar em sermos melhores. Estava com minha filha do colo, o que não justifica absolutamente nada, então um rapaz, segurando um saco de latinhas veio em minha direção e falou alguma coisa, confesso que não ouvi mas já fui dizendo:

– Hoje vou ficar te devendo.

E ele me respondeu:

– Nem sabe o que eu ia pedir e já diz que não tem.

Na hora me senti mal, até tentei conversar com ele, mas ele não queria mais conversa e se foi, me deixando com minha arrogância que não pode nem ao menos ouvir o que a pessoa tem a pedir. A questão aqui não é dinheiro, eu realmente não tinha um real, nunca tenho, só ajudarei um pedinte de rua quando eles aceitarem cartão. A questão é como a sociedade impõe o medo e o comportamento de pensarmos que não podemos nem ao menos ouvir o que um estranho tem a nos dizer.

Há algum tempo aprendi sobre o invisível social, que são essencialmente as pessoas que nos servem e nem ao menos nos damos o trabalho de olharmos em seus rostos, serventes, garçons, porteiros, essa lição eu aprendi. Agora, aproveito e aprendo mais uma. O cidadão seguirá sem receber meu dinheiro, pois como já falei, nunca o tenho, mas não terá mais a minha arrogância para levar para casa.

Queria muito que ele pudesse ler este texto, mas duvido que as oportunidades da vida lhe permitam isso, mas ainda assim, por favor, me desculpe. 🙁

Link permanente para este artigo: https://www.blogdoediney.com.br/o-dia-que-fui-um-idiota-e-aprendi-uma-licao/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>