O dia em que o ano saiu do calendário

Captura de Tela 2014-12-18 às 15.54.09Dia 31 de dezembro de 2014. Sentirei falta deste ano. Um ano difícil, é verdade, de muito trabalho, igualmente verdade, mas um grande ano. Um ano de oportunidades, um ano de crescimento. Um ano em que foi possível crescer, mas principalmente, aprender. Talvez essa seja a grande palavra deste ano: aprendizado.
Aprendi que muito trabalho não quer dizer necessariamente reconhecimento mas de uma forma ou outra significa crescimento profissional.
Que no Brasil existem diversos tipos de pessoas, entre elas as intolerantes. As antidemocráticas.
Aprendi que fugir de polêmicas é das melhores coisas que aprendi na minha vida.
Que a família carece de atenção e todo tempo perdido com ela não é perdido é ganho.
Que a vida é rápida, efêmera e precisa ser vivida em sua plenitude.
Como em anos anteriores, reforcei o aprendizado que a amizade te faz crescer, te faz bem e te indica bons caminhos.

Claro, o ano não foi perfeito. Claro, muita gente te decepciona, mas, faz parte, sempre acontecerá e sempre voltará a acontecer. Seja seu amigo, seja fiel as suas convicções, porém, sempre aberto para aprender, afinal, 2015 também pode ser um ano de aprendizado. Nunca é demais.

Portanto, o dia em 2014 realmente sair dos calendários para entrar na história, essa história, ao menos para mim, será uma história de final feliz. Estejamos sempre abertos aos novos desafios que o dia a dia nos apresenta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *